Microconto Poesia Viagens

Entardecer em Qingdao.

20110910-121037.jpg

“Maravilhoso!” (comentário de uma colega de Xangai, Cida Almeida)
O mar vira os olhos de quem sabe revirar as profundezas da alma. 09.10.2011

O mar orvalha o horizonte com a languidez flamejante de andorinhas a entardecer o céu. 11.04.2015 9:43

Admirador da cultura chinesa, tenho me esforçado para desmistificar e diminuir as distâncias entre esses dois países promissores perante o atual cenário econômico mundial: Brasil e China. Estudo mandarim desde 1997. Autodidata, acredito que não existam atalhos para o conhecimento. Não obstante, o exercício da aprendizagem, em si, e a perseverança encurtam caminhos, aumentam a concentração e tornam o percurso como o de um passeio matinal ensolarado. Além de atuar como tradutor-intérprete, sou consultor e intermedio negócios na área de importação-exportação.

3 comentários em “Entardecer em Qingdao.

  1. Querido Gilson:

    Espero que todo marche bien. Un abrazo muy fuerte desde mi Guejar Sierra del alma.

    Victor

  2. Hola, Pink Panther!
    Estuve por diez días en Shenzhen, en Huaqiang Rd, hace una semana. Es una pena que no estés más en China, me alegraría mucho haber tomado unas copas contigo.

    Un fuerte abrazo!
    Saludos desde Shangai!

  3. En la vida todo son etapas, lo importante es que uno eliga cuando pasar página y que la vida no elija por ti. Hay vida más allá de China 🙂

    Un abrazo

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: